Se trabalha com crianças com Autismo – 2 componentes-chave!

Se trabalha com crianças com Autismo – 2 componentes-chave!

Uma recente investigação publicada no jornal OTJR: Occupation, Participation and Health mostra análise qualitativa do ponto de vista dos professores e terapeutas ocupacionais (que trabalham com crianças com autismo) sobre as barreiras ambientais à participação destas crianças em ambiente pré-escolar.

Depois das entrevistas os dados recolhidos foram analisados e indicaram que existem 2 componentes essenciais para aumentar a participação de crianças com autismo no pré-escolar:

  1. Rotinas consistentes. Providenciar organização e previsibilidade das rotinas diárias, bem como incluir atividades sensoriais nessas rotinas. Tanto professores como TOs realçaram a importância da utilização de “agendas visuais” e atividades sensóriomotoras para aumentar o tempo e envolvimento nas tarefas e reduzir comportamentos de recusa e agressividade.
  1. Modificação da tarefa e ambiente de acordo com as necessidades sensoriais da criança. Modificações incluem mudanças no ambiente (redução da quantidade de material exposto na parede), graduar a quantidade/qualidade de estímulos sensoriais apresentados (tipo de luzes na sala, volume e tipo de músicas apresentadas), mudar o tipo de tarefa (pintar com lápis de gel vs lápis de cor). 

Este estudo é muito importante na ajuda que traz a professores, equipa educativa, terapeutas ocupacionais e pais que trabalham todos os dias com crianças com autismo e unem esforços para aumentar a sua participação e desempenho ocupacional no contexto pré-escolar.

Referência: Aimee Piller and Beth Pfeiffer. The Sensory Environment and Participation of Preschool Children With Autism Spectrum Disorder. OTJR: Occupation, Participation and Health July 2016 36: 103-111, doi:10.1177/1539449216665116.

Em que é que vai trabalhar hoje?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *