Terapia Ocupacional na Pré-Escola

Terapia Ocupacional na Pré-Escola

A ciência por trás da Terapia Ocupacional leva a que esta tenha sempre como preocupação a capacidade da criança em participar atividades de vida diária desejáveis, que se designam por ocupações.

No contexto pré-escolar, os terapeutas ocupacionais realizam avaliações e trabalham em conjunto com outros profissionais da educação para determinar o que é que as crianças precisam para aprender. Nas suas funções eles colaboram com pais e professores para identificar e estabelecer objetivos para cada criança e determinar que serviços, apoios e/ou modificações são necessárias para alcançar esses objetivos.

Apesar do trabalho dos terapeutas ocupacionais ser cada vez mais valorizado no contexto pré-escolar, há ainda alguma confusão e desconhecimento da forma como este profissional pode ajudar na integração de crianças nas rotinas escolares. Este texto pretende ajudar a compreender melhor a atuação do terapeuta ocupacional no seu de uma equipa.

Os terapeutas ocupacionais usam a sua experiência única para prepararem as crianças para uma melhor participação e desempenho nas atividades do dia-a-dia escolar. Neste contexto, suportam as conquistas dos objetivos de aprendizagem em crianças com e sem problemas, facilitando o desenvolvimento de competências sociais, capacidades motoras grossas e finas e o desenvolvimento de capacidades de auto-cuidados adaptativas, bem como de competências de auto-regulação.

Os terapeutas ocupacionais são particularmente eficazes em ajudar crianças com necessidades educativas especiais a participarem em atividades curriculares, contribuindo para o desenho e planeamento dessas atividades, bem como para a identificação e implementação de quaisquer modificações necessárias. Estes representam também um importante papel na qualificação dos pais, familiares e equipas do pré-escolar, dotando-os de estratégias e conhecimento sobre o desenvolvimento de crianças com as mais variadas necessidades de aprendizagem.

Os Terapeutas ocupacionais trazem a qualquer equipa, conhecimento específico para responder adequadamente às necessidades específicas de cada criança.

  • providenciam estratégias para facilitar a máxima participação de todas as crianças nas rotinas diárias;
  • reduzem barreiras ambientais que limitam a participação da criança em atividades de aprendizagem;
  • colaboram com a equipa educativa para determinar os melhores métodos para uma avaliação adequada;
  • ajudam a planear atividades lúdico-didáticas apropriadas ao desenvolvimento de cada faixa etária;

Os terapeutas trabalham em conjunto com:

Crianças de forma a melhorarem o seu desempenho numa variedade de ambientes educativos (p.ex. recreio, sala de aula, refeitório, casa de banho, etc.)

Pais para ajudá-los a darem o melhor suporte e contributo ao desenvolvimento e aprendizagem dos seus filhos;

Educadores/Professores para, em conjunto, planear e desenvolver atividades e ambientes que possam ser inclusivos para todas as crianças;

Auxiliares e Staff escolar, ajudando-os a facilitarem o sucesso da criança e promover segurança no ambiente escolar (p.ex. o que fazer quando uma criança com autismo mostra sinais de desorganização, como gerir comportamento, etc.)

Diretores e Administradores, providenciando formação para pais e equipa educativa, aconselhamento na escolha e compra de equipamento e material inclusivo e adaptativo e auxílio na manutenção e modificação de currículos que se adaptem a todas as crianças ( currículos normais, Planos Educativos Individuais, etc.)

 

Se neste próximo ano lectivo o seu filho vai entrar para a pré-escola um terapeuta ocupacional pode ajudar a maximizar a sua participação e desenvolvimento global, contribuindo para que a escola seja algo saudável e divertido.

 

Mais info em:
www.terapiaocupacional20.com
www.aota.com
www.ap-to.pt

 

Em que é que vai trabalhar hoje?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *