O QUE É A ORGANIZAÇÃO VISUO-ESPACIAL E PORQUE É QUE É IMPORTANTE?

O QUE É A ORGANIZAÇÃO VISUO-ESPACIAL E PORQUE É QUE É IMPORTANTE?

A organização visuo-espacial é a capacidade de relacionar, no espaço, dois ou mais objetos em relação uns aos outros e em relação nós mesmos.
Por que é que as relações espaciais visuais são importantes?
A capacidade de determinar relações espaciais é importante nas tarefas diárias na escola e em casa. Precisamos de interpretar o que significa “ficar em primeiro numa linha”, “sentar à frente do João” ou “colocar o lápis em cima do papel” ou distinguir a letra “b” da letra “d”, que na verdade são formas iguais mas diferentes na sua organização no espaço… um deles está virado para a direita “b” e outro para a esquerda “d”.
Se uma criança tem dificuldade em perceber as relações espaciais, isso pode afetar as suas capacidades motoras, resolução de problemas, atividades da vida diária e o seu desempenho geral na escola como a aprendizagem da leitura e da escrita.

Como ajudar uma criança a desenvolver a sua organização espacial?

Se tem dúvidas sobre as capacidades visuais do seu filho, certifique-se de começar por fazer com que ele seja submetido a um exame de visão completo por um oftalmologista ou um optometrista.
A primeira coisa a fazer é descartar potenciais problemas de visão que poderão estar a impactar o desempenho da criança!
Contudo, muitas crianças não apresentam dificuldades de acuidade visual (ou seja, veem bem), mas continuam a demonstrar problemas nas relações visuo-espaciais. Isso acontece porque este é um problema de percepção visual e não de acuidade visual!
Isto significa que os olhos da criança conseguem captar a informação visual sem problema, mas o cérebro não consegue decodificar e interpretar essa informação corretamente!
Se isto acontecer, o próximo passo é procurar a avaliação de um terapeuta ocupacional para que este profissional de saúde possa administrar os testes adequados à avaliação da percepção visual da criança e, mais pormenorizadamente, das relações espaciais.

Photo by Ryan Wallace

Se a sua criança tiver dificuldades com as relações espaciais visuais, tente:

• Dividir atividades complexas em partes menores (ex., num teste com muitas folhas, ou muitos exercícios entregue apenas uma folha de cada vez ou forneça instruções para um passo de cada vez).
• Usar uma abordagem multisensorial para ensinar conceitos (ou seja, deixe a criança usar o seu corpo, para experienciar os conceitos e as diferenças entre eles.)
• Usar mais pistas visuais, como pontinhos de onde iniciar as letras, autocolantes de diferentes cores, etc.
• Manter a sala de aula ou o ambiente doméstico organizado, use caixas de diferentes cores para arrumar diferentes materiais;
• Incentivar a criança a ter uma secretária organizada (p.ex. pode usar fita adesiva para criar pequenos retângulos para o livro, o estojo e um círculo para a garrafa de água, assim a criança saberá sempre onde colocar os materiais).

Aqui estão as ideias de atividades que irão ajudar a criança a desenvolver relações espaciais visuais:

• Faça atividades de movimento, como percursos de obstáculos ou use equipamentos dos parques infantis, para que a criança tenha que se mover para baixo, para cima, para esquerda, direita, para perto e longe, desta forma vai ajudar a criança a aprender a relação do corpo com objetos.
• Tarefas domésticas, como pôr a mesa, limpar o pó ou varrer são ótimas, pois implicam que a criança se movimente em torno de objetos.
• Brincar com brinquedos tipo construção, como blocos de madeira, Legos e trilhos de comboio.
• Complete projetos com instruções, como carros modelo, kits de artesanato ou construções em que a criança precise de seguir instruções como, colar autocolantes nos círculos, quadrados ou triângulos.
• Atividades que envolvem várias etapas, como origami.

Pode saber mais sobre as capacidades que estão relacionadas com a aprendizagem da escrita no nosso curso online: “Como Ajudar o Meu Filho a Escrever”

Photo by Jason Leung

Em que é que vai trabalhar hoje?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *