10 Adaptações para a Disgrafia

10 Adaptações para a Disgrafia

Muitas vezes, as crianças com dificuldades de escrita necessitam de pequenas mudanças nos materiais e na forma como apresentamos a tarefa para concluir o trabalho escrito de maneira legível e eficiente.

MUITO IMPORTANTE: Nenhuma destas estratégias deverá ser implementada sem o recurso a uma avaliação por um Terapeuta Ocupacional.

Quer dizer, na verdade até pode, mas pense desta forma: imagine que lhe dói a cabeça… experimentaria medicamentos à toa ou procuraria primeiro uma avaliação para saber qual medicamento funcionaria melhor?

Começar por uma avaliação ajudará a saber exatamente qual o problema por trás das dificuldades de escrita e a recomendar atividades e estratégias de forma muito mais assertiva!

Dito isto, aqui vai: 

1. Use fichas com espaçospara completar em vez de respostas por extenso.

2. Use papel adaptado, com mais linhas e/ou de cores para dar mais feedback visual à criança. Isso vai facilitar por exemplo a correta colocação nas linhas. Aqui estão algumas opções para descarregar!

3. Pratique a escrita manual usando marcadores que mudam de cor, ou um marcador fluerescente e peça à criança que escreva por cima! ​Desta forma dá suporte às crianças que não tenham uma boa noção de como as letras se formam!

4. Nas avaliações opte por mudar as exigências da tarefa, use escolha múltipla, recolha respostas orais, etc. Desta forma estará a avaliar o verdadeiro conhecimento da criança.

5. Opte por usar umquadro branco para superficie de escrita. Como tem menos atrito permite que crianças com um traçado muito leve consigam melhores resultados. Em alternativa pode colocar a folha dentro de uma mica/folha de plástico e escrever com marcador de quadro branco.

6. Se a sua criança está a começar com as letras individuais experimente usar pequenos quadrados individuaispara aumenta a noção de organização do espaço.

7. Experimente usar uma bandeja com areia ou plasticina para que a criança forme primeiro as letras com as suas mãos/dedos. Desta forma estará a aumentar a sua memória cinestésica. 

8. Use umafolha de lixasob trabalho escrito para aumentar o feedback aquando a formação de letras.

9. Permita que a criança use um marcador fluorescentepara sublinhar as respostas corretas no texto em vez de ter que as passar para o caderno! 

10. Explore diferentes lápis e adaptadores para proporcionar a melhor preensão no lápis e reduzir a pressão nas tarefas de escrita!

Precisa de mais dicas? Veja as que temos para si na nova edição da Revista TOPediátrica: Escrita Manual

Revista TOp: Escrita Manual

Aceda já por apenas 1€/mês

Primeiro mês Grátis. Cancele quando quiser!

Em que é que vai trabalhar hoje?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *